• Sem categoria

Tupiniquim Monjolo e Concurso Brasileiro de Cervejas – Episódio 116

Uma das cervejas que levou medalha de ouro em Blumenau!

Participar como jurado de concursos de cervejas é uma experiência muito gratificante, principalmente pelo aprendizado que se tem durante as horas, e até dias, de degustação junto com outros profissionais do meio cervejeiro.

Já participei de alguns concursos, como os de cervejeiros de panela promovido pelas Associações de Cervejeiros Caseiros – Acervas, o concurso Mestre Cervejeiro da Eisenbahn, e também o South Beer Cup, a “Taça Libertadores” da cerveja. Em Março de 2015 fui jurado na 3ª edição do Concurso Brasileiro de Cervejas, que acontece junto com o Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau.

Durante as degustações do concurso, caiu na minha bancada o estilo Imperial Porter. Só havia uma cerveja inscrita, e como vocês devem saber, as degustações são às cegas – ou seja, não sabemos qual é o rótulo. Tanto para mim quanto para os jurados presentes, a cerveja estava fantástica, totalmente dentro do estilo (conforme descrito no guia de estilos do BA, usado no concurso), portanto demos medalha de ouro. Apenas nas premiações o rótulo foi revelado: era a Tupiniquim Monjolo.

Neste vídeo falo um pouco sobre minha experiência em concursos, e também provo esta cerveja, que foi uma das medalhas de ouro que a Tupiniquim levou – sendo inclusive eleita Cervejaria do Ano devido a seu excelente desempenho no concurso.

Quem quiser participar fique a vontade, comente sobre alguma dúvida sobre os concursos, sobre os guias de estilos e sobre esta cerveja!

Você pode gostar...